terça-feira, 7 de junho de 2011

Traçaia

























Este post inaugura uma série que trará informações de vários jogadores importantes na história do Sport, com o objetivo de complementar as informações disponíveis na internet sobre estes craques, que, infelizmente, são poucas.

Comecemos, então, falando de José Roque Paes, mato-grossense de Cuiabá, nascido em 16 de agosto de 1933, e falecido em 21 de junho de 1971. Pelas bandas daqui, mais conhecido como Traçaia

Traçaia, atacante, é o maior artilheiro da história do Sport, com 202 gols marcados em uma única passagem de oito anos pelo clube.

Dentre os 202 gols, estão 10 hat-tricks e 2 partidas em que o craque marcou 4 gols (Sport 10x0 Auto Esporte em 1955 e Sport 7x1 Íbis em 1959).

1955
O craque estreou com a camisa rubro-negra em 1955, e logo em seu primeiro ano no clube, sagrou-se Campeão do Cinquentenário, compondo a famosa linha de ataque Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Geo. O time ainda contava com Ely do Amparo e Osvaldo Baliza, jogadores já consagrados no Sudeste, e era comandado pelo lendário Gentil Cardoso.

Traçaia foi artilheiro daquela competição com 22 gols, marcando tentos importantes, como 2 gols decisivos na terceira "melhor de três" (finalíssima) do campeonato, uma vitória por 3x2 sobre o Náutico nos Aflitos.

Em 1956, faturou o bicampeonato pernambucano,  sob o comando do argentino Dante Bianchi, e compondo a mesma linha de ataque de 55. O gol do título também foi dele, na vitória sobre o América por 1x0.

1956
O ano de 1957 é lembrado sobretudo pela primeira excursão do Sport ao exterior. Traçaia deixou vários de seus gols na Europa e no Oriente Médio. Talvez o mais importante deles foi o marcado contra o Real Madrid, na derrota por 5x3, em pleno Santiago Bernabéu.

Em 1958, voltou a ser campeão pernambucano, ainda comandado por Dante Bianchi, jogando ao lado de grandes craques como goleiro Manga, Pacoti e o uruguaio Walter Morel. Novamente fez o gol do título, na vitória sobre o Santa Cruz por 1x0, na Ilha.

No ano de 1959, o Sport disputou a primeira competição nacional de clubes organizada pela CBD: a Taça Brasil. Traçaia fez parte da boa campanha do clube naquele campeonato. O Sport foi desclassificado pelo Bahia nas quartas-de-final, após uma derrota por 3x2 na Fonte Nova, uma vitória na Ilha por 6x0 e uma inexplicável derrota por 2x0 na Ilha, terminando na 5a colocação.

1958
Naquele ano, fez parte da Seleção Pernambucana, a Cacareco, que representou a Seleção Brasileira no Campeonato Sul-Americano (atual Copa América). O craque jogou 5 jogos e marcou 1 gol com a camisa canarinho.

Com a ajuda de Traçaia, a Cacareco seria ainda vice-campeã do Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais de 59.

O quarto título pernambucano do artilheiro veio em 1961. O Sport daquele ano era comandado por Palmeira e tinha como um dos seus grandes destaques o uruguaio Raúl Bentancor

Em 1962, teve uma pequena participação no Campeonato Pernambucano, que lhe rendeu o quinto e último título. Naquele mesmo ano, seria transferido para o FC Admira Wacker Mödling da Áustria, clube no qual se despediu do futebol.


Cacareco 59
Separamos alguns números sobre os 202 gols de Traçaia:
  • Amistosos e torneios amistosos locais, regionais e nacionais: 101 gols;
  • Taça Brasil: 3 gols;
    •    1959 - 3 gols;
  • Excursão à Europa e ao Oriente Médio: 13 gols;
  • Campeonato Pernambucano: 85 gols;
    •    1955 - 22 gols;
    •    1956 - 16 gols;
    •    1957 - 14 gols;
    •    1958 - 11 gols;
    •    1959 - 8 gols;
    •    1960 - 9 gols;
    •    1961 - 5 gols.


Campeão de 58


Por fim, separamos ainda a quantidade de gols que Traçaia fez contra times grandes e médios do Brasil:

Bahia - 10 gols;
Vitória - 3 gols;
Palmeiras-SP - 2 gols;
Flamengo-RJ - 2 gols;
São Paulo-SP - 1 gol;
Botafogo-RJ - 1 gol;
Cruzeiro-MG - 1 gol;
Fluminense-RJ - 1 gol.

*Todos os dados foram coletados da obra de Carlos Celso Cordeiro.

2 comentários:

  1. Fernando, como faço pra falar com você sem ser pelo twitter(Não tenho).
    Tô tentando falar com você por scrap, mas não consigo, tá dizendo que é restrito :/

    Belo post, parabéns!

    Meu orkut:
    http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=17283157315025437888

    ResponderExcluir
  2. Esse era fera!, ganhou até nome de rua, merecia um busto na ilha do retiro ou então uma estátua em tamanho real com tem a de Ademir menezes.


    Carlos eduardo

    ResponderExcluir